Browsing Tag

Fisherman’s Wharf

Viagem

Road trip na Califa: Monterey e Carmel by-the-sea

Finalmente iniciamos a Pacific Coast Highway! Não consegui encontrar nenhum ranking relevante de estradas mais bonitas do mundo, mas se existisse, certamente ela teria seu espaço entre as 10 primeiras. São mais de mil quilômetros e dezenas os pontos de parada que tiram o fôlego. Monterey deveria ser passagem obrigatória para quem conhece San Francisco e Los Angeles.

highway_1

A dica é abastecer o carro em San Francisco por não haver muitos postos de gasolina durante o trajeto. É importante também programar seu GPS para Highway 1, se não ele te joga pro caminho mais curto e você perde tudo. Vá sem pressa, porque além das várias paradas não é uma estrada fácil, são muitas curvas e muitos trechos sem proteção. Procure parar sempre nas placas escritas Vista Point, são as paradas oficiais que não atrapalham o tráfego. 

Muitas cidades incríveis estão nesse trajeto: Santa Cruz, Monterrey, Carmel, Big Sur, Santa Barbara, Malibu, Santa Monica, entre outras.

Monterey

Começarei por Monterey porque o caminho de São Francisco até lá não chega a tirar o fôlego. O que se vê antes é uma breve introdução do que está por vir.
DICA: Monterey tem um programa de vagas pela cidade para moradores, alguns lugares são permitidos que o locais estacionem de graça num período de 2 horas. Tomamos uma multa por estacionar em um desses pontos na Fisherman’s Wharf, a palhaçada saiu US$ 35 e pagamos pela internet.

Fishermans Wharf

Chegamos no hotel já no final da noite. Fizemos uma parada rápida só para descarregar as malas e fomos conhecer a Fisherman’s Wharf de lá. O que não era restaurante estava fechado desde às 22h, mas o gostoso é que grande parte dos restaurante abertos serviam para degustação a famosa Clam Chowder, uma sopa de mariscos bem saborosa.


Fiquei morrendo de vontade de comprar docinhos na Carrousel Candies por causa do marshmallow na vitrine, mas infelizmente a doceria fica aberta só até 21:30.

O Pier de Monterey é menos conservado, eu diria. É bem contrastante com o Pier 39 de San Francisco que dava a impressão de estarmos na Disneylândia. 

Monterey Bay Aquarium

A cidade é muito conhecida pelo aquário e rolou uma empolgação para visitá-lo. Foi inaugurado em 1984 e antes disso era uma fábrica de sardinhas. Além de ser interativo – ótimo para as crianças – tem um espaço inteiro dedicado para águas vivas.

O aquário é um grande centro de estudo e conservação da vida marinha selvagem, e você pode ler mais sobre o assunto clicando aqui. Quanto custa? US$ 39.95/adulto.

Carmel-by-the-sea

É uma pequena cidade ao lado de Monterey – muito mais cara para se hospedar. Nosso objetivo em Carmel assim como em toda a estrada, era um só: admirar a vista. Talvez se tivéssemos mais tempo e dinheiro, visitaríamos algumas galerias de arte e tomaríamos uns bons vinhos – ou não.

Da série de coisas que ninguém quer perguntou: Clint Eastwood foi prefeito da cidade na década de 80. Eu sei, não acrescentou em nada, mas eu não podia guardar essa informação pra mim.

17 mile drive

São 17 milhas ou 28 km em um condomínio de luxo fechado que margeia as praias. Na portaria você recebe um mapa sinalizando as paradas, campos de golf, sanitários, restaurantes e hotel. A partir de lá tivemos a sensação de que a viagem realmente estava começando.


Veja abaixo o mapa do caminho. Entramos pelo Pacific Grove Gate e saímos pelo Highway 1.
Quanto custa? US$ 10/carro.

17-miles-drive

E tão rápido o dia se passou, na hora do almoço já estávamos na Big Sur.
Já foi a Carmel ou Monterey? Me conte nos comentários o que você mais gostou!

Foto Fishermans Wharf de Monterey por Sandip Bhattacharya.
COMPARTILHE:
Viagem

Road trip na Califórnia: 3 dias em San Francisco

Em San Francisco não andamos de metrô porque tudo era relativamente perto. Como tínhamos três dias antes de cair na estrada, não conseguimos conhecer muita coisa. Imagino que se usássemos o transporte pouparíamos um tempo e veríamos mais coisas.…