categoria

Viagem

Viagem

Capitólio e Furnas – Primeiro dia

Esse post pertence a uma série de posts sobre meu feriado na região de Capitólio e Furnas, Minas Gerais. Veja o post inicial para chegar em todos os posts.

Aproveitamos o dia bonito e aberto para rodar por Furnas. A previsão nesse caso foi tiro e queda, depois do almoço o tempo começou a fechar. Mesmo assim aproveitamos bastante! Os canyons são incríveis faça chuva ou faça sol. A única coisa complicada são as águas das cachoeiras que ficam ainda mais geladas.

Mirante da Usina Hidrelétrica de Furnas

Usina Hidrelétrica de Furnas - Capitólio

A Usina de Furnas foi inaugurada em 1963, e considerada a primeira hidrelétrica de grande porte do país. Já abasteceu 34 municípios e já foi um dos maiores reservatórios do mundo. Hoje o nível está bem baixo e as comportas hidráulicas estão fechadas. E isso foi tudo que eu consegui entender.

Mirante do Canyon de Furnas

É muito difícil você errar a rota para o mirante do canyon no final de semana. De longe você já vê a movimentação de carros saindo, estacionando, ônibus parando e pessoas ao redor. É um penhasco bem cheio e um tanto perigoso se pararmos pra pensar que é um paredão de 20 metros de altura sem nenhuma proteção. E como vocês podem ver abaixo, o pessoal faz de tudo para uma boa foto – não julgo, essas fotos eu tirei sentada na ponta de uma pedra, para uma tragédia era só me empurrar!

Cachoeira Paraíso Perdido

A cachoeira é dentro de uma propriedade privada, com uma área verde com mesas e churrasqueiras. Pagamos uma taxa de conservação e uso de R$ 40/pessoa, em dinheiro, não aceitam cartão. Antes de entrar é preciso assinar um documento na recepção, que nada mais é do que um termo de responsabilidade por você e pelos seus acompanhantes. Não é permitido comer na área da cachoeira mas em todas as outras áreas verdes, é. Também há um restaurante – que também não passa cartão. São inúmeras as recomendações para quem visita e para quem pretende acampar na área, veja mais no site deles.

Capitólio Paraíso Perdido

No fim, todas essas recomendações valeram a pena, pela paisagem e vista incrível. A cachoeira está entre as minhas preferidas da região de Furnas. Os poços são fundos mas seguros, todos eles contam com uma corda de ponta a ponta com flutuadores espaguete. Fizemos a trilha pelas pedras para conhecer todos os poços, e apesar de serem escorregadias, os monitores estão por todos os lados e há também cordas cumprindo a função de corrimão, facilitando a passagem de um lugar para o outro.

Passeio pelo Lago de Furnas

Tínhamos três opções para fazer o passeio pelo lago de Furnas: A chalana, que comporta de 45 a 60 pessoas, no valor médio de R$ 45/pessoa. O barco, com 20 pessoas e o valor médio de R$ 70/pessoa. E a lancha, com 12 pessoas e valor médio de R$ 90/pessoa.

Optamos pela lancha, e conseguimos negociar por R$ 70/pessoaporque o dono do barco conseguiu o número máximo de passageiros. Se você tiver condições, eu indico fazer o tour com o menor barco e a menor quantidade de passageiros. Os barcos grandes não conseguem entrar pelos canyons e você tem que competir com mais pessoas para tirar boas fotos. Mas não deixe de fazer! Temos opções para todos os bolsos.

O passeio durou duas horas e nós visitamos a Cachoeira do Canyon, a Lagoa Azul e por fim – quase anoitecendo – a Cascata. Nós tivemos a liberdade de descer em todos os lugares e passar pelo menos meia hora. Nos pareceu seguro, nossa lancha estava em perfeito estado, tínhamos acesso aos espaguetes e coletes salva-vidas.

Da esquerda para a direita: Cachoeira do Canyon, a vista dos paredões dentro da água, Cachoeira Lagoa Azul e Cascata Ecoparque.

Infelizmente terminamos o dia na lancha com um pôr do sol encoberto, mas o passeio valeu muito a pena. Indico todos os passeios desse dia! E se você precisar do contato do Adilson, que nos levou de lancha, me avise nos comentários! 

COMPARTILHE:
Canyon Mirante Capitólio
Viagem

Roteiro de 2 noites em Capitólio, Minas Gerais

Nesse feriado de Tirantes, eu, meu namorado e um casal de amigos aproveitamos para diminuir o ritmo e conhecer a região próxima a Capitólio, em Minas Gerais. No início de 2016 foi a primeira vez que ouvi falar do destino, e…

Viagem

Road trip na California: 3 noites em Los Angeles

Depois da Big Sur paramos em Santa Barbara para passar a noite. Gostaria muito de ter conhecido o Jardim Botânico de lá mas estava louca para conhecer L.A. antes de escurecer – aliás, tenho quase uma bíblia de lugares que ainda não…

Foto Viagem

10 Instagrams de viagem para seguir já!

Você tem planos de viagem? Tem uma listinha de países na sua Wanderlust List? Quem nunca, né? Acompanho muita gente boa e viajadora no instagram, e essa galera que compartilho agora precisa ser acompanhada por todos os amantes de viagem e fotografia. Vai…

Viagem

Road trip na California: 2 dias na Big Sur

Após 17 Mile Drive voltamos para a estrada, e como já era hora do almoço, paramos no restaurante Rocky Point. Não parei em outros lugares para comer no trajeto, mas gostaria de ter comido em todos os restaurantes da Big Sur pois certamente cada experiência…

Viagem

Road trip na Califa: Monterey e Carmel by-the-sea

Finalmente iniciamos a Pacific Coast Highway! Não consegui encontrar nenhum ranking relevante de estradas mais bonitas do mundo, mas se existisse, certamente ela teria seu espaço entre as 10 primeiras. São mais de mil quilômetros e dezenas os pontos de…

Viagem

Road trip na Califórnia: 3 dias em San Francisco

Em San Francisco não andamos de metrô porque tudo era relativamente perto. Como tínhamos três dias antes de cair na estrada, não conseguimos conhecer muita coisa. Imagino que se usássemos o transporte pouparíamos um tempo e veríamos mais coisas.…

Viagem

Road trip na California

Uma série de posts sobre minha primeira viagem internacional pra California começa agora. Dicas de viagem são sempre válidas mesmo com o tanto de informação que tem por aí. Afinal de contas, cada um tem um ponto de vista particular e algo…