COTIDIANO Turista Paulistana

5 coisas para fazer na Liberdade

Esse final de semana, fui passear pelo bairro Liberdade aqui de São Paulo, e pesquisei alguns lugares bacanas para conhecer quando se gosta tanto de comida e experiência. Uma boa experiência envolve o ambiente, a companhia, o clima, o sabor, o antes e depois, etc… Nada melhor que o centro de SP.

Como chegar: as paradas que fiz são todas próximas da estação de metrô Liberdade (linha azul), mas existe a possibilidade de se chegar bem cedo como fizemos e estacionar na rua com o zona azul (10 reais a hora), ou nos estacionamentos, 20 reais a diária.

1. Tomar café na Bakery Itiriki

A Itiriki é uma padaria no meio da Liberdade e segue um modelo quer não estamos acostumados a ver nas padarias de SP. No primeiro piso você pega sua bandeja, um pegador, e vai colocando o que gostaria de comer (os preços são por unidade, e não por quilo). No fim da rota de vitrines você paga, sobe para o segundo piso, pede para esquentar o que for necessário, e come!

Padaria Itiriki Liberdade

Comemos um folheado de pão de queijo com cream cheese, um brioche de baunilha com amêndoas, um pão de frango com vinagrete, água de 500ml, um suco de uva BonBon, e um café grande com leite. Pagamos R$ 48,50. Não é barato mas é gostoso.

Padaria Itiriki Liberdade

O auge da padaria parece ter sido nos anos 2000. Eles foram indicados várias vezes e ganharam alguns prêmios pelo Comer&Beber da Veja São Paulo.

Padaria Itiriki Liberdade

Onde? R. dos Estudantes, 24 – Liberdade
De segunda à domingo, das 8h até o último cliente.

 

2. Comprar produtos de decoração na Tenman-Ya

Quando entrei e encontrei a área de porcelanas e cerâmicas, um moço me deu um olhar de cumplicidade e disse “Eu poderia morar aqui”. E eu também. São vários produtos para casa, e a sensação é que tudo foi escolhido com delicadeza, porque não existia nada de mal feito naquele lugar.

Decoração Tenman-Ya na Liberdade

Eles tem uma vitrine virtual no site com alguns produtos catalogados e lá avisam que a lista está incompleta, e de fato, a loja parece ser o dobro do que eles mostram online.

E para quem gosta da Umbra…

Vai criar um apego pessoal pela loja! Eles tem um espacinho dedicado a marca canadense de houseware que eu tanto amo.

Decoração UMBRA Tenman-Ya na Liberdade

Onde? Rua dos Estudantes, 19 – Liberdade
De segunda à sábado das 9h às 19h, e domingo das 9h40 às 19h.

 

3. Fazer compras no Comercial Marukai

Mercado Marukai na Liberdade

Uma grande variedade de ingredientes japoneses. Chegamos as 10h da manhã e o local já estava bem movimentado. Depois do meio dia, se você estiver sem tempo esqueça: é bem cheio, e a fila soma os corredores apertados. Suponho que ainda assim valha a pena, ao fazer comparação por cima com outros mercadinhos pela região e lendo as avaliações do Foursquare, parece ser o mais completo e mais em conta.

Mercado Marukai na Liberdade

Tem uma grande variedade de macarrão japonês, maionese japonesa, têm fatias de panceta e carnes para fazer na chapa, sakê, folhas para guioza,  rolinhos primavera, suco de lichia, cerâmicas (os mesmos modelos que a Tenmanya, um pouco mais caras) enfim, bastante coisa mesmo.

Mercado Marukai na Liberdade

Onde? R. Galvão Bueno, 34 – Liberdade
De segunda à domingo, das 9h às 19h.

 

4. Ser o gourmetzão no Empório Azuki

Os preços não são tão em conta quanto o concorrente Marukai, mas se gosta de variedade em produtos importados é uma ótima opção. Para os que se identificam com alimentação saudável é um êxtase sem fim, pois dá para comprar produtos naturais, veganos, e as marcas funcionais estão por toda loja (como Fitfood e Qpod, que não encontro facilmente sem ser online).

Empório Azuki na Liberdade

Saindo um pouco da ilha fit, há uma grande variedade de chocolates importados, cervejas artesanais, temperos e produtos regionais (como cajuína São Geraldo, do Ceará, e guaraná Jesus, do Maranhão – OBRIGADA PELA REFERÊNCIA, LARI. <3). É incrível e dá para dar uma motivação na alimentação consciente.

Onde? R. Galvão Bueno, 16 – Liberdade
De segunda à domingo, das 8h às 19h.

 

5. Almoçar na feirinha da Liberdade

feirinha da Liberdade

No final de semana se quiser fugir dos restaurantes (que são ótimos, mas isso é assunto pra outro post), dá para forrar o estômago em looping na feirinha da Pça da Liberdade. São várias barracas com comidas típicas: escolhemos o Tako-yaki de polvo – um bolinho assado por R$ 16,00/6 uni., um espeto de camarões fritos GG por R$ 20 e guiozas de porco por R$ 12/6 uni. 

feirinha da Liberdade

Para finalizar, dica: O google tem uma ferramenta de horário de pico muito eficiente quando utilizada nesses lugares famosos do centro. É só procurar pelo nome da loja, e se ela estiver registrada, antes dos comentários aparece um gráfico mostrando qual a melhor hora para visitar o local. Veja abaixo.


E você? O que faz quando vai na Liberdade? Tem dicas para me dar? Deixe nos comentários!

FOTO ABRE | KUCA MORAES
COMPARTILHE:

Você pode gostar também

Sem comentários

    Responda